sexta-feira, 30 de março de 2012

Considerações


Olá!!!

Como viram, foram bastante perguntas e não dei conta de responder tudo ontem à noite, por isso, segunda o post sai.

Mas hoje eu gostaria de fazer algumas observações.

Eu nunca me importei de receber comentários anônimos, muito pelo contrário, se a pessoa prefere não se identificar, eu respeito. Mas, também, nunca havia recebido comentários desconfortáveis.

Nesses quase 2 anos de blog, eu nunca precisei ativar as proteções que a plataforma blogger me permite, como bloquear comentários anônimos ou fazer moderação de comentário, que é permitir que o comentário seja publicado somente depois que eu lesse.

Minha conduta com esse cantinho, sempre foi muito correta. Nunca falei mal de fornecedor nenhum, quando não gosto, simplesmente me dou o direito de não postar, e sempre deixei claro que são minhas opiniões. 

O blog foi criado com o intuito de deixar a par o noivo sobre tudo o que eu estava fazendo em Brasília, pois quem acompanha desde o começo, sabe que nosso namoro e o noivado inteiro foram à distância. Além disso, o blog era uma ferramenta que eu usava para buscar informações, inspirações e novidades no mundo casamentício, uma vez que, na época que foi criado, quase não havia blogs sobre casamento (em Brasília, éramos 5, se não me engano) e usávamos o orkut. O blog é pessoal e não comercial!

Nesses 2 anos, colecionei amigas e muitas leitoras fiéis, que sempre deixavam seu carinho nos comentários, mesmo anonimamente. E até hoje, me derreto quando leio cada comentário, independente de quem for, mesmo quando o post não recebe quase nenhum.

Amo meu cantinho e tenho um respeito muito grande por vocês que, mesmo na correria do dia-a-dia, param um pouquinho para vir aqui ler e acompanhar minha história, minhas alegrias e tristezas.

Quando fiz o último post, foi pensando justamente na maioria que vem aqui e acompanha tudo. Queria saber se faltou deixar alguns pontos mais claros (percebi que meu vestido é um deles, hehehehe), se esqueci de falar sobre alguma coisa e, mesmo para as recém-chegadas, se elas tinham alguma curiosidade.

Realmente, muitas perguntas já possuem respostas em alguns posts passados, mas pode ser que a pessoa não tenha achado ou que não teve tempo de procurar. Não me estresso com isso, respondo novamente numa boa.

Porém, algumas perguntas não tem cabimento. São de cunho pessoal, íntimas, e não fazem o menor sentido serem respondidas em um local público.
Me desculpem, mas o quanto foi arrecado no corte da gravata não tem relevância nenhuma, principalmente porque isso varia de acordo com os convidados de cada casamento. Quem leu o post sobre a vaquinha, sabe que ela fez sucesso sim e, muitas vão fazer igual. Portanto, meu objetivo no post foi atingido: Inspirar, dar uma alternativa para quem quer fugir do óbvio.

Quanto aos sorteios, novamente, quem me acompanha já sabe, mas para quem chegou agora, eu explico: o cabide da noiva foi um presente feito pela mãe de uma grande amiga, a Tatah, com muito carinho. O topo de bolo foi emprestado por outra grande amiga.
Não faz sentido sortear um presente tão carinhoso nem algo que não me pertence.
Além disso, já tenho planos para o cabide: as roupinhas de batismo dos meus futuros filhos!

Bom, a maioria das perguntas serão respondidas, não se preocupem. Quem tiver mais alguma pergunta, pode fazer que ainda dá tempo.

A única coisa que peço é educação e respeito, tanto comigo quanto com as outras leitoras. Houveram perguntas que me incomodaram sim, mas a essas vou me dar o direito de não responder.

Desculpem o desabafo, mas eu precisava fazer!

Beijossss

6 comentários:

  1. Está certíssima, flor!

    São coisas que você não precisa responder e está no seu direito!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. ô Barbara, concordo com vc!

    Eu acompanho seu blog ha um tempão, e só no seu "casei" que comecei a comentar, vc smepre foi muito gentil e ponderada.
    Não estresse com essas pessoas!

    O blog é seu, o casamento é seu e vc só compartilha conosco em um ato de solidariedade com outras noivas.
    =D

    beijos boa sorte
    Luanna
    finalmentenoivaa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Bárbara, não sou mto de comentar aqui no blog, apesar de vê-lo todos os dias....

    Vc foi essencial na minha trajetória casamentícia...de grande valia cada dica, cada post, cada relato seu...obrigada por compartilhar conosco seus momentos que servem na verdade como experiência pra todas nós.

    Não fique chateada com esse povo sem noção q saiu perguntando esse bando de besteirol...acho M E G A deselegante perguntarem qdo custou ou qto gastou, isso é mto particular!

    Enfim, ignore essas coisas desnecessárias, o importante disso td é vc saber a sua importância frente a isso td.

    ResponderExcluir
  4. Sem noção....

    só faltou perguntar da cor da calcinha que usou no dia...

    enfim...

    bjocasss flor!!!

    ResponderExcluir
  5. É verdade Barbara não se incomode com essas coisas...

    Adoro seus relatos...

    Beijos
    Alane Araújo

    ResponderExcluir
  6. Falou tudo!

    Eu acho é graça de gente mal educada que ainda quer bater boca! rs A boa educação manda lembranças a esses tipos!

    Suas dicas são super válidas, mas certas coisas são pessoais MESMO.

    Boa sorte, linda!

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar um recadinho e fazer essa blogueira feliz!