sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Inspiração nas Novelas: Decoração Casamento

Oi Lindonas!!!

Acabaram os posts sobre a viagem, mas não o assunto Petrópolis. Isso porque o jardim do Palácio Rio Negro (residência oficial de verão da presidência da república) foi o cenário da festa de casamento de Laura (Marjorie Estiano) e Edgar (Thiago fragoso), na novela Lado a Lado.

E tem coisa melhor que começar novela com casamento??? O que mais me chamou atenção não foram as noivas Laura (Marjorie Estiano) e Isabel (Camila Pitanga) e sim, a festa de casamento da Laura e do Edgar. Essa festa, apesar de ser há 100 anos atrás, poderia facilmente servir de inspiração para aquelas que pretendem fazer um casamento diurno, ao ar livre, numa fazenda, chácara, jardim ou até na própria casa.

Vários detalhes me chamaram a atenção:

O gazebo com cortinas de voil e os lustres de cristais...



A mesa de chá, café e bebidas...



Achei lindo os arranjos das mesas dos convidados...



Gostei muito do bolo, dos mini-arranjos, das forminhas dos doces sem escondê-los...







E aí, o que acharam??? Tudo lindo e de bom gosto, né?!

Quem gosta de uma novela de época? Eu adoro! Acho mágico ver culturas e tradições de uma época diferente da nossa,retratadas com tanta fidelidade e beleza. O que mais me encanta são as roupas e, nessa novela os vestidos com rendas, tules e babados são lindos!!! O figurino que mais gosto é o da Patrícia Pilar, apesar de má, a personagem dela se veste muitíssimo bem!!!

Beijossss

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Petrópolis Parte II - Comemorando Bodas de Papel

Oi gente!!!

Continuando nosso passeio pela cidade, saímos do museu e fomo visitar a Catedral. Que igreja linda!!! Eu não parava de falar para o Pedro que casaria ali fácil, fácil!!!


 Teve casamento no dia anterior!!!

Vitrais coloridos!

 Um dos maiores órgãos que já vi!



 A via sacra toda em pedra sabão!





Em seguida, fomos ao Palácio de cristal (todo em vidro) e queríamos ter visitado a fábrica da Bohemia, mas estava fechada excepcionalmente naquele domingo. Por último, começamos a andar pelo centro histórico vendo as casas antigas e de pessoas famosas...

Barão de Mauá:



Palácio de Cristal


Santos Dumont:

Palácio rio Negro - Residência Ofcial de verão da Presidência da República.




 Casa da Princesa Isabel:


Faltou ainda ver mais coisas, embora desse tempo, já estávamos cansados de caminhar e preferimos deixar algo para visitarmos na próxima vez, o que já é consenso entre a gente. Só que pretendemos conhecer a região serrana toda: Itaipava, Teresópolis...

Espero que tenha despertado o interesse de vocês! É gostoso "ver ao vivo" um pouco da história do nosso país!

Beijosssss

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Petrópolis parte I - Comemorando Bodas de Papel

Oieeeee!!!

Hoje fazemos 10 meses!!! Tá chegando novembro...

" Petrópolis – 'Cidade Imperial', nasceu do sonho do Imperador D. Pedro I que descobriu os valores climáticos e belezas naturais da região serrana. Aqui D. Pedro II construiu seu Palácio, vivendo os melhores momentos de sua vida." 

Dentre os vários sites sobre a cidade, acho que esses são os mais completos: http://www.destinopetropolis.com.br/ e http://www.visitepetropolis.com/

Como só tínhamos o domingo para passear na cidade, acordamos cedo e, logo depois do café, saímos. Na recepção do hotel, pegamos uma mapa do centro histórico, aonde ficam todos os principais pontos turísticos e vimos que dava para fazer tudo a pé, caminhando com calma e apreciando a cidade...

obelisco...

 Uma da inúmeras ponte sobre o canal que corre a cidade toda...







Nosso primeiro destino foi o Museu do Palácio Imperial, que o Pedro ainda não conhecia. Acho legal começar por ele, porque é o principal ponto histórico e você caminha bastante dentro do palácio. Se deixar por último, o cansaço pode te impedir de apreciar tudo o que tem para se ver lá dentro.

"Construído em estilo neoclássico, o palácio foi por anos residência de verão de Dom Pedro II e Dona Teresa Cristina. Foi apenas em 1943, com um decreto do então presidente Getúlio Vargas, que o local foi transformado em museu. Grande parte da decoração interna ainda se preserva, como os pisos em pedras nobres e mobília reconstituindo os ambientes originais da época. No acervo estão peças ligadas à monarquia brasileira, além de objetos pessoais dos integrantes da família imperial e importantes documentos históricos, como fotografias que exibem as mudanças urbanas e paisagísticas da cidade. A coroa utilizada por Dom Pedro II no momento de sua coroação a Imperador é um dos principais destaques, junto às jóias e ao manto real. É importante lembrar de reservar algum tempo para caminhar pelos jardins do museu. Por ali, além de passear entre árvores centenárias, o visitante encontra ainda uma estátua de Dom Pedro. É no jardim também que se tem acesso à área onde estão algumas carruagens da época."

Logo na entrada nos deparamos com o maravilhoso jardim, que é um parque para os moradores da cidade. Vimos muitos idosos e crianças, várias pessoas espalhadas pelos bancos lendo jornal, casais na grama fazendo piquenique... Depois de andar o museu todo, vale a pena dar uma sentada para descansar e recuperar as energias um pouco...






Para visitarmos o museu, precisamos colocar essas pantufas
para preservar o piso do palácio que é o original....



 "sala" das carruagens

Carruagem do imperador terminando de ser restaurada


 Caminhos por entre o jardim...





O post já está enorme, então amanhã mostro o resto do passeio.
Espero que tenham ficado com vontade de conhecer, porque eu já estou com vontade de voltar e ver um monte de lugares que não conseguimos ir!!!

Beijossss