segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Semana "Dividindo o Quarto": Reflexão Inicial

Oláááá!!!

Eu relutei um pouquinho para falar desse assunto aqui no blog, pelo simples fato, de que não quero alimentar esperanças de que vem um baby por aí! Não, não achamos que está na hora e queremos esperar mais alguns aninhos! rsrsrs

Mas, então, por que falar? Porque, quando comento que quero 2 babys, a primeira pergunta que me fazem é: como se você só tem 1 quarto disponível e resolveu usar o outro como closet? Além disso, recebo várias perguntas querendo saber como vou decorar esse quarto, como penso em driblar esse "problema".
Quem me conhece, sabe que eu sou totalmente a favor de irmãos dividirem quartos, sejam eles meninos, meninas ou um casal. Ninguém morre por isso, muito pelo contrário, acho que contribui, e muito, para a educação deles, a partir do momento que aprendem a dividir e a respeitar o espaço do outro, conciliando as diferenças.

Isso não quer dizer que devem dividir para sempre, mesmo porque são indivíduos diferentes e, com o passar do tempo, começam a "necessitar" do seu próprio espaço para exercer a sua individualidade. Entre irmãos de sexos opostos, isso é praticamente uma regra, mas entre irmãos de mesmo sexo, geralmente, a diferença de idade é que determina a preferência pela separação dos quartos. Mas, quando as idades são próximas, nem sempre se separam, pois acabam se acostumando e preferem ficar juntos.

Aliás, acho que isso deve ser conversado em família, pois, na maioria das vezes, essa "necessidade" requer uma mudança para uma casa maior. 

A maioria de nós, que está na primeira compra do apê/casa próprios, e não tem filhos, tem como prioridade o orçamento, encontrar um lar que caiba no seu bolso. Isso quer dizer, na grande parte dos casos, apês com 2 quartos, sendo que, enquanto o baby não vier, aquele cômodo será um escritório. Os que conseguem comprar um de 3 quartos, dificilmente os 2 quartos extras ficariam vazios, inclusive, poderiam se desfazer de um, em prol de uma sala maior. Já aqueles que tem filhos, inevitavelmente, vão procurar algo que atenda as necessidades dos filhos também.

Além disso, todos pensam, em daqui uns anos, comprar algo maior, justamente pensando em filhos. O primeiro apê é só um primeiro passo, que servirá para o segundo maior.

No nosso caso, conseguimos comprar um de 3 quartos e, não fazia sentido nenhum deixar 2 quartos vazios e se espremer em 1, justamente quando pensamos ter filhos daqui uns 4 anos. Nosso plano é quitar o apê em 10/15 anos e, aí sim, comprar o segundo maior, com um quarto para cada filho (se Deus quiser, terei o casalzinho que queremos!). Nesse meio tempo, os nossos filhos estariam por volta dos seus 10 anos, uma idade em que as diferenças entre os sexos começam a apontar. E, se forem do mesmo sexo, provavelmente, vão querer, cada um, seu espaço.

Aqui em casa, pretendemos ter os filhos com uma diferença de 2 anos, então, pensamos em preparar o quarto para o primeiro filho de tal forma, que seja fácil adaptar para um segundo. Como vou fazer, sinceramente, ainda não sei, afinal, só decidimos essas coisas quando elas devem acontecer, certo? E ainda está meio longe para quebrar a cabeça com isso! rsrsrs

Não nego para vocês, que salvo algumas imagens que vou vendo por aí de quartos de bebês/crianças. Que atire a primeira pedra, quem não tem uma pastinha de inspirações futuras!!!

Mas, diante das perguntas que venho recebendo, resolvi adiantar esse assunto por aqui! E, como a casinha não tem novidades, achei bacana fazer uma semana de inspirações de decoração sobre quartos de bebês e crianças.

Vamos começar pelos quartos de bebês gêmeos, passando pelo quarto com bebê e criança, terminando em quartos para crianças. Lembrando que o foco são quartos pequenos, pois quando o problema não é espaço, o céu é o limite! rsrsrs

E aí, o que pensam sobre esse assunto? Quero saber!
Beijossss

14 comentários:

  1. Concordo, acho ótimo irmãos dividirem o quarto e os meus(quando tiver) também vão dividir pelo menos até um certo tempo, rsrs, beijos
    FABIOLA KEFFER

    ResponderExcluir
  2. Bacana Babi, não vejo problema nenhum em dividir o quarto com o irmão... fiz isso a minha vida toda, e ainda hoje faço.. rs divido o quarto com meu irmãozinho querido.
    Acho que com certeza trás uma convivência melhor em questão de relacionamento entre irmãos, ajuda bastante... mas como todo irmão, tem sempre aquela hora de briguinha.. baguncinha.. etc haha

    beeijos

    ResponderExcluir
  3. Olá querida!
    Eu não vejo problemas, pq dividi o quarto com minhas irmã em toda minha vida. Como somos 2 meninas nunca tivemos problemas, aliás como vc disse até ajudou, pois quando pequena eu tinha medo e nós juntavamos a cama.. rsrs
    Acho que isso é um caso a se pensar no caso de um casal, daqui vários anos, quando cada um estiver numa idade que precisa de privacidade, especialmente o homem. Mas como vc disse, não acho que é um caso a se pensar nesse momento ou na compra de uma casa, nem sabemos se teremos 2 filhos, um casal, 2 meninas...... o tempo dirá, até lá muita agua vai rolar.
    Bjssssssssssss

    ResponderExcluir
  4. Babi, depois de 11 anos a minha mãe teve um casal de gêmeos. No inicio, até no mesmo berço eles deveriam dormir (pois assim foram acostumados na barriga, um de costa pro outro, se eles ficassem separados....era um choro terrível). Com o passar dos anos dividindo o mesmo quarto, a vivência entre os dois se tornou impraticável, a cama era uma bicama e se o menino sentasse na cama de cima (que era da menina) já era motivo pra briga, o quarto vivia uma zona pois 'se ele desarruma, eu também posso'. Até que ano passado, nós mudamos para um apartamento de 4 quartos e ai cada um teve o seu canto. Hoje em dia, raramente eles brigam, os quartos de cada um são super organizados (e por eles!), até o relacionamento entre pais e filhos mudou pois a minha mãe vivia de cabelo em pé com a briga deles! Ah, desde dos 7 anos de idade eles brigavam por quartos separados, só aos 11 anos isso se concretizou, graças a Deus!

    ResponderExcluir
  5. Concordo contigo! Nâo há nada de mal crianças dividirem o mesmo quarto, bem pelo contrário, eu dividi com minhas irmãs o quarto a vida toda. Quando me casei compramos um apê de 1 quarto, pois não pensávamos em ter filhos, agora trocamos por um de dois quartos, por que em breve queremos ter o primeiro e como penso em ter dois também, acredito que ainda trocaremos mais uma vez pelo menos, mas vai demorar e enquanto isso eles terão que dividir o quarto, sim!!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Oi, Babi! Conheci o seu blog há pouco tempo e concordo plenamente com você em relação a esse assunto de dividir quarto.
    Estou comprando um apartamento na planta que, originalmente, tinha três quartos pequenos. Decidimos acabar com um dos quartos para aumentar um pouco a sala e fazer um closet para a suíte. Desde já as pessoas nos questionam sobre filhos no mesmo quarto.
    Vou contar minha história. Eu sou a única filha mulher de três filhos. Tenho um irmão 4 anos mais velho e outro 6 anos mais novo. No começo, o mais velho e eu dividíamos o mesmo quarto. Depois que veio o terceiro, ficamos os três no mesmo quarto (um beliche e um berço). Brigávamos de vez em quando, mas não por causa do quarto (brinquedos e implicância de irmãos) e era uma diversão só!
    Depois de um tempo, meu irmão mais velho foi para o outro quarto (com uns 13/14 anos de idade) e eu fiquei com o mais novo. Dividimos quarto por muitos anos.
    Lá pelos meus 12/13 anos (ele tinha 6/7), eu comecei a querer um quarto só para mim. Diante da inviabilidade de ele passar para o outro quarto, meus pais ignoraram (=P) e ficamos juntos até eu completar 21 anos, quando nosso irmão mais velho saiu de casa. Foi bom finalmente ter um quarto só pra mim, mas ainda sinto falta de dormir com ele às vezes!
    Eu acho que isso contribuiu muito para nosso relacionamento. Somos irmãos muito unidos, não somos egoístas e nos ajudamos em tudo!
    Por isso, acho que só lá pelos 10 anos do filho mais velho é que devemos começar a nos preocupar com uma casa maior. A convivência no mesmo quarto é muito interessante, principalmente hoje em dia, em que cada um tem sua tv, seu celular, sua bicicleta, seu quarto... Conheço irmãos dessa geração que nem têm afinidades por conta de tanta separação.

    ResponderExcluir
  7. Isso é algo que também penso... meu apê também é de três quartos, mas um deles é tão minúsculo que só cabe o escritório, então considero que é um apê de dois quartos mesmo... Estou tentando deixar esse segundo quarto vazio, ou no máximo colocar lá um sofá cama para as visitas, mas a ideia é que ele seja o quarto dos filhos sim... e se necessário, vão ter que dividir mesmo.
    Dividi o quarto com meu irmão até ele ter pelo menos uns 12 anos (e eu 17). Meus pais só construíram o outro quarto porque meu irmão chegou naquela idade complicada para meninos, que começam a precisar de privacidade, entende? rs...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  8. Até certo ponto eu concordo com você, mas tenho dois filhos (meninos) que teem 1 ano e 8 meses de diferença que sempre tiveram cada um seu quarto. Entendo seu ponto de vista em isto, união, mas por outro lado, como vivi esta situação, cada um ter seu quarto tb gerou uma responsabilidade maior para cada um deles, onde cada um tem que deixar seu quarto arrumado, acaba que virava brincadeira onde cada um tentava melhorar a cada dia! Um ponto negativo é que tem sempre aquela: Ta fazendo o que no meu quarto? Mas isso só acontece agora que estão maiores (13 e 11 anos). Bjaum

    ResponderExcluir
  9. Babi, se achar fotos de quarto de bebê unissex para inspiração, agradeço!
    Ainda não tenho filhos e não quero saber o sexo do bebê na primeira gestação. Embora eu seja uma ariana impulsiva e curiosa, ouvir de tanta gente que será mais complicado montar o enxoval, essa é a maneira que desejo de tornar esse momento único e especial.
    Vamos ver se não mudo ideia quando chegar a hora!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Babi e aqui que são realmente dois quartos rsrsrsrs acho que aqui dá no máximo uma criança, apertando duas, rsrsrsrs quero ter dois filhos também!

    Com certeza os posts servirão para futuras inspirações!!

    Deus abençôe os planos de vocês!!

    Juci

    ResponderExcluir
  11. Oi Babi, estamos na mesma situação, nosso apê tem 3 quartos também, mas decidimos usar um deles como closet pelo mesmo motivo, não fazia sentido ter dois quartos vazios e se espremer em um só, ainda não decidimos quantos filhos queremos ter, mas de qualquer forma, também não vejo mal algum em dividirem o quarto, sejam filhos, filhas ou um casal, claro que pretendemos nos mudar para uma casa maior, mas a princípio, terão que dividir.

    Quero ver as inspirações.

    Bjos.

    http://homesweethomegi.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Mas se até na barriga cabem dois, às vezes três, pq não dividir um quarto?
    eu dividi com meu irmão que é apenas 1 ano mais velho que eu, até eu ter uns 11 anos! Depois disso, comecei a ficar com vergonha de me trocar na frente dele, pois já tinha alguma mudança de corpo...e aí meus pais construiram um "puxadinho" no quintal...kkkkkkkk, para fazer o quarto do meu irmão. Bons tempos, passavamos muito tempo grudados, e cada um tinha seu espaço e privacidade, ás vezes um até ia dormir no quarto do outro, mas ao acordar, tinha pra onde ir se trocar!! Deu até saudades agora... todos temos que ter irmãos e temos que dividir o quarto com eles...aprender a dividir e conviver, é muito fundamental!!
    bjooooooooo...mostra as inspirações pra gente!!

    ResponderExcluir
  13. Oi Babi!
    Também quero ter um casal de filhos, que seja feita a vontade de Deus pelo melhor para a família!!
    Como fui filha única até os 8 anos, sempre tive um quartão só para mim, coisa boa! rsrs
    Depois veio 2 irmãos com 11 meses de diferença, quase gêmeos, kkk
    E eles ficaram no mesmo quarto quando menores e depois cada um teve o seu!
    Se tem a opção de deixar cada um em um quarto melhor, assim eles fazem sua personalidade, um é mais organizado que o outro, preferências na decoração, etc...mas quando pequenos não vejo problemas em terem o mesmo quarto...principalmente se forem um casal, porque depois de adolescente é melhor menina e menino ficarem cada um no seu cantinho, até para receber colegas e amigos no quarto, se vestir e dormir com maior privacidade!
    Beijos!

    "Construindo Minha Casa Clean"

    ResponderExcluir
  14. Oiiii eu achei um assunto super bacana e os posts foram ótimos!!
    Muitas inspirações bacanas e lindas!! Eu também gostaria de ter um casal de filhos, se Deus permitir, sonho com esse dia apesar de também planejar só para daqui alguns aninhos, rsrs muitos falam que já demorou demais pois já estamos há 11 anos juntos, rsrs mas tudo tem a hora certa, só quem sabe se temos ou não condições somos nós né, rsrs
    Na minha infância nunca tive um quarto só pra mim, até meus 14 anos dividia o quarto com todo mundo, rsrs na época tinha um quarto só na casa da mamãe, meus pais são separados desde quando eu tinha 5 anos, então eu dividia o quarto entre meus outros 3 irmãos e com a minha mãe também, só aos 16 anos que tive um quarto pra dividir com a minha irmã e logo depois que ela casou e fiquei com o quarto só pra mim... resolvi mudar e ir morar junto com o maridão aos 18 anos, rsrs

    Bjos

    ResponderExcluir

Obrigada por deixar um recadinho e fazer essa blogueira feliz!